O AMOR É ÚNICO, Artur da Távola




O AMOR É ÚNICO
Artur da Távola


"O amor é a asa veloz que Deus deu à alma para que ela voe até o céu." (Michelangelo Buonarotti)

***

Aos que não casaram,

Aos que vão casar,

Aos que acabaram de casar,

Aos que pensam em se separar,

Aos que acabaram de se separar.

Aos que pensam em voltar...

Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja.



O BOM HUMOR

Como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus.

A SEDUÇÃO
A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue,


tem que ser ininterrupta...

Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança, acabamos por sepultar uma relação que poderia SER ETERNA.

Casaram. Te amo pra lá, te amo pra cá. Lindo, mas insustentável. O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas.
Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes, nem necessita de um amor tão intenso. É preciso que haja, antes de mais nada,


Agressões zero.

Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência... Amor só, não basta. Não pode haver competição. Nem comparações. Tem que ter jogo de cintura, para acatar regras que não foram previamente combinadas. 
Tem que haver RESPEITO.
Para  enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades. Tem que saber levar.

Amar só é pouco.

Tem que haver inteligência. Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas para pagar.
Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar.
Tem que ter um bom psiquiatra. Não adianta, apenas, amar.

Entre casais que se unem, visando à longevidade do matrimônio, tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um.
Tem que haver confiança. Certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou. É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão.

E que amar "solamente", não basta.

Entre homens e mulheres que acham que O AMOR É SÓ POESIA, tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade. Tem que saber que o amor pode ser bom pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado.

O amor é grande, mas não são dois.
Tem que saber se aquele amor faz bem ou não, se não fizer bem, não é amor. É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.
O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom Amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós!

NÍVEL DE AMOR, de Paulo Roberto Gaefke




NÍVEL DE AMOR

Como vai o seu nível de amor?
Você anda amando bem e sendo bem amado?
Será que você está vivendo todo o potencial 
de amor que você tem direito? 
Será que está aproveitando cada segundo de vida para amar de verdade?
Será que você esta pronto para receber muito amor?


Comecemos pelo começo,
como será que anda seu pensamento em relação ao amor?
Será que você está preso a uma relação do passado, 
acreditando que seria feliz se fosse com aquela pessoa que
há pouco tempo atrás te deixou de maneira esquisita?

Será que você continua amarrado a um sonho com medo 
de ser feliz agora? Ou será que você já assumiu a carapuça do
"eu não nasci para ser feliz no amor" 
e tá aceitando qualquer gorjeta da vida,
ou seja "qualquer traste serve", e vive se arrebentando 
em amores frustrados,
vazios, onde só você enxerga "um grande amor"... ?
Mais uma vez o medo de assumir as rédeas da sua vida, 
e a criação de um mundo imaginário, e impedem de viver um grande amor.

Mas, pode ser que você esteja vivendo uma relação apagada, 
com alguém que você se acostumou, com alguém que você acredita sertotalmente dependente, seja financeira ou espiritualmente, sim, 
porque tem gente que acredita que está junto com outra só por causa
do Karma. Karma? "carma nada" !
Isso dá nos nervos!!!

Ah! mas tem você que ta aí quietinho só lendo e se escondendo... 
é você que acabou um relacionamento e acha que nunca mais vai ser feliz, 
sem "aquela pessoa" sua vida não tem graça, você não vive sem essa pessoa que te deixou na mão, e você nem sabe porque essa pessoa se foi, 
vocês se amavam tanto, não era? 
Era nada, foi um fogo de palha que queimou o que tinha pra queimar, 
apagou e você esqueceu de tirar o seus pezinhos de perto. 
Não foge não, essa história de "nunca mais" é pra boi dormir, 
"nunca mais" é muito tempo para qualquer pessoa.


Acorda hoje para a vida e cobre a sua parte de felicidade do Universo,
você tem direito de ser feliz, tem direito à uma quota de amor maior 
que você imagina, mas é preciso que você mude sua forma de pensar sobre suas qualidades, sobre você mesmo como ser único, entende?
Acredite que você merece ser feliz e mude tudo!

Se tudo vem dando errado, muda tudo. 
Pinta o cabelo de azul ou roxo, pinte as unhas, troque sua roupa,
se você é conhecida como pessoa bondosa e santa vire um sexy-simbol, 
uma pessoa desejada. 
Arrebenta tudo, muda de ponto, pegue ônibus errado, 
saia do Chat e vá para a vida, parque, cinema, teatro, etc.

Ame-se e dê uma chance para seu anjo te ajudar! 
É hoje o dia!
Dê um "OFF " em tudo que é ruim!
Ame-se mais!


Paulo Roberto Gaefke

MULHER! MULHER É SINAL DE FORÇA********, de Leda Leite




MULHER! MULHER É SINAL DE FORÇA********



Mulher... Mulher é sinal de força...


Mulher é sinal de garra... Mulher é sinal de raça...


Mulher é sinal de graça......onde existir uma mulher, vai existir a beleza; vigor e amor....onde existir mulher, existirá vitória....mulher mãe... mulher esposa... mulher amiga...mulher. Conseguimos perceber nos detalhes a beleza da vida e transmitir aos já sem esperança, o verdadeiro sentido dela...


Somos mulheres; somos guerreiras.


Muitos nos subestimam e dizem que somos frágeis;


somos frágeis sim, mas incapazes jamais...


A cada dia estamos surpreendendo aqueles que com discriminação nos observam.


E ganhando a admiração daqueles que nos apóiam...




Leda Leite

JARDIM DO CORAÇÃO, SILVIA SCHMIDT



JARDIM DO CORAÇÃO

Silvia Schmidt 

Estive pensando algumas coisas
que gostaria de compartilhar com você.
Elas têm a ver com tudo que percebi
desde que vim para o mundo virtual:
Uma delas é termos tido a oportunidade
de conhecer pessoas que nunca
conheceríamos de outra forma.

Nós conhecemos e aprendemos
a gostar dessas pessoas,
não por sua aparência ou seu toque,
mas por suas almas e corações.

Se nós tivéssemos encontrado muitas delas na rua,
talvez nem as tivéssemos olhado pela segunda vez,
ou, talvez, até tivéssemos feito algo pouco gentil,
sem sequer termos conhecido seu lado de dentro.
Isto é muito triste.

Nós encontramos muita gente no mundo virtual
que realmente tocou nosso coração de muitas formas
e nos tornou melhores do que éramos antes.

Não seria maravilhoso se todos no mundo
pudessem ser tocados dessa forma?
Conseguir conhecer pessoas de um modo
que eles nunca imaginaram ser possível?

É bem possível que se isso ocorresse,
não haveria mais os solitários,
os desalentados nem os sofredores desiludidos.

Somos em parte responsáveis pelos sentimentos
das pessoas que aqui já conhecemos.
Não façamos precipitado juízo delas.
Não sejamos críticos.
Não deixemos o orgulho nos carregar para longe do amor.

Nós deveríamos parar para refletir
como seria o amanhã se perdêssemos aquele virtual amigo
sem nunca termos dito:
"você é admirável e eu gosto de você".


Sempre que encontrarmos alguém na rua,
consideremos a possibilidade de que aquela pessoa
poderia ser um dos nossos amigos virtuais,
uma daquelas pessoas que a gente adoraria conhecer,
um daqueles corações com talento especial
para fazer melhor o nosso dia
ou para nos dar força através de uma prece ou conselho.
Um daqueles que nos ajudariam em horas difíceis
e que gostaríamos de retribuir de alguma forma.


Consideremos o estranho que nos cumprimenta,
e não lhe neguemos um sorriso, um gentil "alô" :
Ele pode ser um dos amigos que vêm à nossa tela,
que na nossa necessidade sempre diz "sim".

Se fizermos o contrário,
é bem possível que estejamos machucando
uma das mais belas flores do nosso jardim.

*Humancat*