LEMBRANÇAS


Minha querida Rosa Vermelha, este vídeo é pra vc, uma versão diferente da que vc gostou no Face. Assim que der, vou visitá-la (bem como aos outros amigos). Ontem não foi fácil e hoje começou difícil, mas já está melhorando.


Boa Semana a todos nós, com um poema da Silvia




LEMBRANÇAS 




Quantos amores já por mim passaram! 
Em quantas camas - Deus! - eu já dormi! 
Em quantos braços não permaneci, 
E quantos lábios (quantos!) me beijaram! 

Quantas dezenas de homens conheci! 
E quantos deles já por mim choraram! 
De quantos braços eles se afastaram 
Para viver comigo o que vivi! 

Ando brincando com essas lembranças, 
Brinco de roda como sãs crianças, 
Como se nunca houvesse eu pecado. 



Um dia, por certo, antes do esquecimento, 
Livre de culpas, dor ou sofrimento, 
Eu farei versos, rindo do passado. 

Silvia Schmidt 


*Humancat*